brand menu

Notícias

Conversamos com Tássia Holsback, finalista que irá abrir o show para Baby do Brasil!

Original

Tássia Holsback, finalista na categoria "Melhor Banda", que irá abrir o show para Baby do Brasil! Para votar, clique aqui!

Conte um pouco pra gente como surgiu a banda :)
Certo dia Cruzei com o B na casa de uma amiga e de lá acabamos nos reconhecendo bons amigos.  E depois de tantas noites de música, resolvemos tocar juntos. Contudo, precisávamos de mais um, convocamos o Fofão... Mas ainda faltava um toque especial e foi aí que os guris tiveram magnífica  ideia de chamar apresentar o Abel.

O lance é que nos apaixonamos. Nos amamos e não existe cumplicidade maior que a nossa. Foi muito mágico e encaixado esse encontro. Muito poderoso e tomara que dure por muitas vidas ainda. Entendo que vivemos momentos muito harmoniosos juntos, nós e a música. Espero mesmo que seja sempre assim. 

O quê você acha que foi o diferencial para estar entre os finalistas do Festival? 
Essa pergunta é engraçada, todos nós já temos nossa bagagem musical construída e todos nós lutamos muito pra chegar até aqui, pra ter nosso lugar ao sol. Acho que o ambiente que nos proporcionamos quando em produção, é essencial; a harmonia de minha voz encaixada  com a percepção musical dos meus garotos. Pode soar meio clichê , mas a mistura deu muito certo. No mais muito transpirar, força de vontade, perseverança e continuar sempre acreditando. O resto é apoio externo!! Família e muitos amigos.

Qual é a sua expectativa para abrir o show de Baby do Brasil?
 Poxa, quando eu penso no nome Baby do Brasil eu fico sem palavras, toda a carga que ela carrega pra música brasileira, várias gerações musicais foram influenciadas por ela, pelos novos baianos e abrir o show dela é uma honra, uma incrível e intimidadora honra! (risos) 

Qual a importância do Festival pra você?
Este festival é uma enorme oportunidade para mostrar meu som para um publico maior e diferente, é uma chance perfeita para mostrar a que viemos. São criações e releituras interessantes, interpretadas por nós. Sem pretenções de copiar, mas inovar de maneira leve, lúdica e delicada. Estamos muito animados com esse momento das nossas vidas. Temos muito a falar. E a nossa forma de dizer é através da arte musical.

É a chance de mostrar a quem nunca nos viu, ou nos preferiu. Sim é um desafio conquistar este público. Aliás desfio super aceito!! Bora lá?